E-book

Serviços

Finanças

Dicas

Insira o seu e-mail ao lado e fique por dentro de todas as atualizações do blog:

Categoria: Livros

Livros + moda

20 janeiro 2016

Gente to quase dormindo mas mesmo assim vamos falar de moda, eu amo moda e tem muitos post aqui no blog sobre isso acho que muitas de vocês conheceram meu blog por publicações de moda, mas então como eu falo sobre moda eu tenho que conhecer um pouco sobre isso e muito que eu aprendi de moda foi em livros, então decidi contar para vocês quais os livros que eu amo e me inspiro para fazer os post no blog. Os livros são:

  • It Girl o livro feito pela brasileiríssima, jornalista e blogueira  Alessandra Garattoni, dona do Blog e do livro “It Girls” onde a autora lista várias mulheres que se tornaram referência no estilo nas diversas décadas. O preço é bem lindo, apenas R$30.

  • Livro Grace autobiográfico Grace, a Memoir, história de Grace Coddington , uma modelo quando ainda não existia glamour muito bom o livro li e recomendo! eu paguei o mesmo 30 reais nesse.

  • A parisiense: O guia de estilo de Ines de la Fressange e um tipo de livro bom para ler em dias estressantes  conselhos da autora de como se vestir, do que comprar e coisas que são do mundo da moda, lá em Paris. Esse livro é otimo para meninas que não tem muitas ideias sobre o que falar no blog ainda mais sobre moda.

 

  • A historia da moda e pra quem tem interesse em saber de onde surgiu esse mundo tão fabuloso. O Livro “História da Moda” do autor Marco Sabino mostra todo o desenvolvimento da moda brasileira, tanto no passado mas quanto a atualidade no cenário atual.

E ai gostaram ? Já leu algum deles ?

Com amor, Jess!

Dica de livro: Eleanor & Park

13 janeiro 2016

Eu estou aqui para revelar uma paixão, sim uma paixão que vejo até mim e decidiu ficar me fazendo ficar viciada. É assim que me senti quando eu li esse livro.

Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

image

O que eu mais gostei do livro é que cada pagina nos mostra uma lição de vida, nos passa um ensinamento. Eleanor teve alguns problemas familiares, ela aprendeu a ser forte assim coisas que eu sei que muitas meninas passam.
Um ponto muito interessante de Eleanor é que ela não é nada popular, ela não tem amigos e isso nunca a incomodou.

Conclusão é que esse livro é muito mais do que um livro de amor adolescente, esse livro mostra a triste realidade de muitos adolescente com seus familiares, mostra a dificildade para superar algo ruim e também mostra que mesmo estando tudo ruim ainda pode se encontrar a felicidade. A felicidade de Eleanor é o Park, qual é a sua felicidade?

Frases que mais amei no livro:

  • Só o que faço quando estamos separados é pensar em você, e só o que faço quando estamos juntos é entrar em pânico. Porque cada segundo parece ser tão importante. E porque sou tão maluca, não me controlo. Não sou mais minha, sou sua; e se você resolver que não quer mais me ver? Como pode me querer como quero você?

 

  • Park parecia ser uma espécie de escolha de estilo de vida.

 

  • Segurar a mão de Eleanor era como segurar uma borboleta. Ou um coração a bater. Como segurar algo completo, e completamente vivo

 

  • Porque Park era o sol, e essa era a única explicação que Eleanor poderia dar

 

  • Não gosto de você, Park. Eu acho que vivo por você.

Com amor, Jéss!

1 2 3